Pular navegação

TV 3D!! Isso deve ser demais ein?
Imagine, aquelas telas de cinemas 3D na sua casa, e sem precisar de óculos….demais mesmo.
Mas pra quando é isso? Em breve, previsto para daqui uns 5 anos.
A Panasonic anunciou um projeto completo e complexo de criação de infra-estrutura para conteúdo de TVs 3D – em um pacote (já demonstrado na CEATEC de 2008 ) que inclui uma tela de plasma de 103″ full-HD.
Mas a Panasonic acha que não adianta nada ter a TV 3D e não ter conteúdo 3D. Estão até dando apoio a estúdios de cinema e diretores, e até a criação de uma associação com o objetivo de padronizar o formato. Este anúncio teve até direito a um depoimento do diretor de Titanic, apoiando a iniciativa e informando que seu próximo filme, Avatar, terá tecnologia 3D Panasonic.
Filmes feitos com tridimensionalidade, como os recentes “U2 3D” e “Viagem ao Centro da Terra – O Filme”, precisam ser convertidos para um novo formato para serem assistidos sem óculos especiais. O mesmo acontece com games.
A companhia Philips, já vende esses equipamentos para empresas e para uso publicitário em eventos.

tv3d

Foram dois cientistas alemães que patentearam um sistema de projeção que consegue simular perfeitamente a visão tridimensional de objetos em movimento. O invento utiliza uma tela de cristal líquido, que altera a imagem sendo mostrada, de maneira extremamente rápida, dando aos olhos as duas imagens necessárias para que o cérebro consiga montar a imagem tridimensional.
Veja como ela funciona, explica um dos inventores, o Dr. Peter Spieker: “Imagine que você esteja olhando pelo fundo de uma máquina fotográfica sem filme. Quando você dispara o obturador, ele rapidamente se abre, dando-lhe um vislumbre da cena. Cada olho percebe o movimento do obturador de um ângulo ligeiramente diferente. Agora, imagine que ao invés de olhar para cena real, você está olhando para um monitor. Ele irá mostrar uma rápida seqüência alternada de pares de imagens, a uma taxa muito mais rápida do que uma televisão comum. Se o acionamento do obturador e as imagens no monitor forem perfeitamente sincronizadas, cada olho verá uma cena ligeiramente diferente. As imagens se fundirão e o expectador terá a exata sensação de uma cena 3D em movimento.”
Monitores têm tela de LCD e ganham uma película especial com microprismas, para dar impressão de imagem 3D.O equipamento desses hoje custa 18 mil euros (R$ 50 mil).
Olha este vídeo, como as pessoas se portaram com a TV 3D: Vídeo
É, muito interessante o funcionamento, tomara que chegue até nós bem rápido! Estamos aguardando.

Anúncios

Saiba o que é OLED.
O Led! São aquelas luzes pequenas, quando acende a luz do seu HD, a luz da sua caixinha de som, isso é um LED. Nãããão…….a palavra aqui é OLED!!!!
OLED é um Diodo Emissor de Luz Orgânico, foi criada em 1970 pela Kodak  e deve ser a nova geração de ecrãs de alta definição.
A Samsumg, Kyocera, Sony e outras marcas já usam o OLED em monitores, TV’s, câmeras digitais, etc.
Agora a parte interessante, têm basicamente a mesma estrutura que os LEDs mas diferem no tipo de material utilizado. São utilizados materiais plásticos ou outros produtos orgânicos para formar os dois “lados” da luz.
Estes diodos orgânicos, são compostos por moléculas de carbono que emitem luz ao receber carga eléctrica.
Os monitores feitos com esse material é bem fininho, melhor que o LCD e com definição muito melhor.
Esta tecnologia tem algumas características bastante interessantes, diante às outras tecnologias utilizadas na maioria dos aparelhos digitais (plasmas e LCD). Uma delas é o fato de possuir luz própria, não precisando de luz de fundo nem luz lateral, permitindo deste modo, um contraste melhor e imagens mais nítidas. Como não necessita de luz de fundo, há uma redução de 40% de energia (comparando com o LCD) e uma diminuição de material utilizado, deixando os ecrãs que usam esta tecnologia duas vezes mais finos.
Veja a figura abaixo para entender melhor:

oledss

Esta tecnologia tem algumas características bastante interessantes, diante às outras tecnologias utilizadas na maioria dos aparelhos digitais (plasmas e LCD). Uma delas é o fato de possuir luz própria, não precisando de luz de fundo nem luz lateral, permitindo deste modo, um contraste melhor e imagens mais nítidas. Como não necessita de luz de fundo, há uma redução de 40% de energia (comparando com o LCD) e uma diminuição de material utilizado, deixando os ecrãs que usam esta tecnologia duas vezes mais finos como dito anteriormente.
Permite também melhorar o campo de visão do telespectador, que pode assistir de qualquer ângulo confortavelmente às imagens exibidas, aumentando assim o tempo de resposta. E suportam melhor também o calor e o frio.

A desvantagem: preço!!
Apesar de existir à quase 20 anos, o OLED é ainda uma nova tecnologia, o que significa que os fabricantes ainda estão tentando melhorar os sistemas de produção para tentar minimizar os custos de produção.

Quem sabe daqui a pouco tempo ele esteja disponível com um preço acessível, substituindo as tecnologias atuais.
Veja o vídeo abaixo:

É isso, esse foi nosso 1º post, espero que gostem e comentem, em breve mais assuntos interessantes…..